Céu da Lua Cheia

A Igreja

O Centro Eclético da Fluente Luz Universal Céu da Lua Cheia teve sua raíz em 1992, ocasião em que foi realizado o primeiro Trabalho de Lua Cheia.

De início denominado “Grupo de Estudos Xamânicos”, reunia-se nas luas cheias para fazer meditações xamânicas. Na ocasião do II ENCURA, realizado no Céu da Montanha, em Visconde de Mauá, o trabalho foi apresentado oficialmente à Comissão Nacional de Cura do CEFLURIS, e teve seu estudo aprovado, passando o grupo, a integrar-se ao sistema de distribuição oficial do sacramento.

Em 1993 constituiu-se oficialmente, através da orientação do CEFLURIS (Centro Eclético da Fluente Luz Universal Raimundo Irineu Serra), com sede no Igarapé Mapiá - AM, o “Centro Estrela Guia” em Itapecerica da Serra - São Paulo, no bairro da Mombaça. Em fevereiro de 1998, foi fundado o Centro Eclético da Fluente Luz Universal Céu da Lua Cheia.

Realizamos nossos trabalhos no município de Cotia até 06 fevereiro de 2.000 e, em outubro de 2.000, adquirimos nossa sede própria em Aldeinha, município de Itapecerica da Serra - SP. Realizamos o calendário oficial de trabalhos da Doutrina do Santo Daime - Cefluris, trabalhos de Cura e rituais de Lua Cheia.

Para verificar as datas dos trabalhos do Céu da Lua Cheia, por gentileza, clique em "CALENDÁRIO" no menu acima.

HARMONIA - AMOR - VERDADE – JUSTIÇA

Eco-Vila Lua Cheia

Ecovila Tem uma área total de 20 hectares. Está a aproximadamente a 12 km da represa de Guarapiranga y a 4 km do Parque do Morrão. Pertence a cidade de Itapecerica da Serra, SP.

Localiza-se na Bacia Hidrográfica de Guarapiranga (quase na divisa com a Bacia Hidrográfica de Juquiá), que verte para a Região Metropolitana de São Paulo, RMSP. 0 sitio está totalmente inserido dentro da área de Preservação dos Mananciais, estabelecida pelas Leis Estaduais 898/75 e 1172/76, revistas pela lei estadual 9866/97, por representar importante reserva de recursos hídricos de interesse para abastecimento da RMSP.

O sitio Lua Cheia é propriedade da Eco-Vila Lua Cheia que busca uma maneira ecologicamente correta de ocupação que sirva de modelo para a região e locais similares no mundo. Um dos proprietários é a Igreja Lua Cheia.

O sonho é poder construir algumas moradias, espaço de vivências, recreação e educação ambiental, um centro cultural e terapêutico e um templo ecumênico que tem por objetivo expandir a consciência segundo os fundamentos virtuosos da Era de Aquário. Com vistas a promover a ocupação adequada do solo, este Sitio tem como objetivo proteger os recursos hídricos, preservar a fauna e a flora existentes e promover atividades de educação ambiental e lazer para a população.

Este projeto contempla uma avaliação à luz da nova legislação de proteção às áreas de proteção de mananciais. A primeira parte da ocupação do projeto é a ocupação da área da Igreja Céu da Lua cheia Estamos tentando identificar empreendimentos economicamente viáveis e ambientalmente compatíveis com as leis e regulamentos vigentes assim como um modelo de gestão afinado aos princípios virtuosos da nova era.

Os resultados deste projeto se caracterizam pelos seguintes estudos técnicos: Análise de viabilidade econômica para os seguintes empreendimentos: spa; casa de repouso; ecoturismo; condomínio horizontal de padrão médio com projeto alternativo para todos seus elementos. Edificações, saneamento e esgoto, fonte de energia, etc.; centro de cultura, educação ambiental, vivências terapêuticas e exposições; centro esportivo.

Estudos para proteção da flora, fauna e recursos hídricos segundo regulamentação para a proteção geral da bacia de Guarapiranga. O modelo de gestão a ser proposto será baseado na avaliação das potencialidades existentes e terá como pressuposto os recursos e potencialidades dos proprietários, o envolvimento do assessoramento técnico dos órgãos e entidades da administração ambiental do Município e do Estado e órgãos não governamentais, assim como de patrocínios de instituições e empresas afins.

Temos como principais objetivos a conservação da biodiversidade ou diversidade biológica, a convivência harmoniosa entre todos os seres vivos que povoam o Sitio; a utilização sustentável de seus componentes e a distribuição justa e equilibrada dos recursos advindos deste uso, gerando conhecimentos, riquezas, felicidade, expansão da consciência e bem estar a todos os envolvidos. A segunda fase, após a consolidação dos Projetos do Céu da Lua Cheia, será o desenvolvimento comunitário.